quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA O PRIMEIRO DIA DE AULA NA EDUCAÇÃO INFANTIL


  Receba as crianças com entusiasmo e apresente-se a ela, ofereça materiais como massinha, livros, palito, papéis variados, e brinquedos;

  Cante músicas do repertório infantil com as crianças;

 Leve seus alunos para conhecer os demais ambientes da escola e funcionários;

 Realize com as crianças brincadeira, tipo:

 OS MATERIAIS QUE VAMOS USAR: Esconda na sala sacos ou embrulhos contendo materiais diversos que farão parte do cotidiano da meninada, por exemplo, livros, jogos, pincel, tesoura, etc. Peça às crianças que procurem, depois que todos os pacotes forem encontrados, pergunte que atividades podem ser feitas com os materiais e aproveite para explicar melhor a função de cada um;

GRANDE ABRAÇO: Coloque uma música de fundo e peça para que os alunos andem aleatoriamente, após pedir para que se abracem. Devem voltar a caminhar só que agora em duplas. Como próximo comando pedir para que as duplas se abracem formando grupos de quatro integrantes e assim sucessivamente até formar um grande abraço com toda a turma.

BRINCADEIRA DAS BEXIGAS: Ao som de uma música, entreguem bexigas a cada criança, que devem jogar as bexigas para cima como se fosse uma peteca sem deixar cair no chão.

PROJETO CARNAVAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL


TEMA: Dançado com a magia do carnaval

PERÍODO: De 04/02/2013 a  08/02/2013

OBJETIVO GERAL: Promover atividades lúdicas que estimulem a compreensão da Festa do Carnaval como cultura, estimulando a socialização e desenvolvimento na primeira semana de aula.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS: - Trabalhar o tema através da ludicidade, utilizando a música e dança;
- Explorar a criatividade utilizando materiais diversos;
- Despertar na criança a participação através do seu imaginário, sua criatividade, sua liberdade para galgar sua interação e descontração estimulando o seu processo de ensino aprendizagem;
- Desenvolver sua linguagem oral e escrita e seu raciocínio motor e físico.

JUSTIFICATIVA: O projeto Dançando a magia do carnaval nasce concomitante com a primeira semana de aula, mas conhecida como de adaptação. Neste período a criança necessita de um olhar especial, pois o novo mundo a sua volta causa-lhe insegurança, por isso o projeto pretende abordar a festa de carnaval a favor da experimentação e comunicação da criança com este novo mundo, oferecendo às crianças a oportunidade de conhecer e criar em meio à ludicidade. Sendo assim, a socialização da criança se desenvolverá harmoniosamente considerando o Carnaval como festa típica e rica em sua cultura, que encontra nos movimentos da musica e da dança a diversidade do Brasil.

ATIVIDADES DO PROJETO: Eixos a serem trabalhados

Linguagem Oral e Escrita:

 - Roda de conversa para a apresentação da professora;
- Entrega dos crachás de identificação;
- Trabalhar os nomes das crianças;
- Contação de histórias sobre o Carnaval através de apresentações com fantoches;
- Ouvir e reproduzir marchinhas de carnaval;
- Identificar imagens que representam o carnaval;

Matemática:

- Comparação de objetos, identificando as semelhanças e diferenças entre eles observando espessura (grosso-fino), tamanho (grande-pequeno) e formato (circular–quadricular).

Natureza e Sociedade:

- “Seu Mestre Mandou”, sugerindo posições para fazerem: ficarem sentados, ficarem em pé, de joelhos, deitados, engatinhar pela sala (sem derrubar o mobiliário.);
- Passeio pela escola, com o fim de conhecerem as dependências e funcionários;
- Apresentação dos cantinhos, arrumando o espaço físico, procurando enfatizar a importância da constante organização para que possamos aproveitar ao máximo todas as oportunidades.
- Elaboração junto às crianças os combinados com os direitos e deveres para um bom relacionamento na escola. Explique o que cada um significa e exponha na parede com ilustrações para que possam sempre ser lembradas.

Música e Artes Visuais:

- Produção de painéis carnavalescos onde seja observada a transformação das misturas de cores;
- Pintura facial de máscaras no rosto com tintas;
- Confecção de máscaras usando diversos materiais, tais como: papel laminado, lantejoulas, purpurina, cola plástica colorida, bolinhas de papel crepom, canetas coloridas através do recorte, colagem, pintura e desenho com guache, giz de cera e lápis de cores etc.
- Realização de um baile de máscaras de carnaval ao som de marchinhas e expressão corporal.

Movimento:

- PÁRA A BOLA: em circulo, as crianças ficarão sentadas e ao som da música a bola será passada, quando a música parar, quem estiver com a bola na mão deverá pagar uma prenda.

- CORRIDA DOS ANIMAIS: marcar com giz de quadro linhas de saída e de chegada. Dado um sinal, as crianças deverão atravessar a caminho delimitado, da forma como o animal se locomove.

- ARRANJE UM PAR: de mãos dadas, formar pares com exceção de um participante que fique sozinho. Correr aos pares, e a um sinal combinado, largar às mãos e procurar outro par. A criança que está sozinha deverá aproveitar e arrumar outro par.

- SIGA O CHEFE: formar duas fileiras, onde as crianças dançarão e andarão em fileira. O primeiro criará um movimento e ao som combinado, quem está em primeiro lugar passa a ser o último lugar e este cria um novo movimento que, todos deverão imitar.

- DANÇA DA CADEIRA: Faz-se uma roda de cadeiras e outra de pessoas. Sendo que o número de cadeiras deve ser sempre um a menos. Toca-se uma música animada. Quando a música parar, todos devem sentar em alguma cadeira. Quem não conseguir sentar, é eliminado e tira-se mais uma cadeira. Ganha quem sentar na última cadeira.

- CORRE COTIA: As crianças formam uma roda e sentam no chão, menos uma.. A criança que sobrou corre pelo lado de fora da roda com o lenço na mão, ao ritmo da ciranda:
Corre cotia | Na casa da tia  | Corre cipó  |  Na casa da avó  |  Lencinho na mão  | Caiu no chão  |  Moça(o) bonita(o) do meu coração  |  Criança: Posso jogar?  |  Roda: Pode!  | Criança: Ninguém vai olhar?  |  Roda: Não!

Neste momento, as crianças da roda abaixam a cabeça e tapam os olhos com as mãos. A criança que está fora da roda deixa cair o lencinho atrás de alguma outra que esteja sentada, pegador. O lugar vazio da roda é o pique. Quem perder fica fora da roda (ou dentro) e a brincadeira recomeça.

AVALIAÇÃO: A avaliação será continua levando-se em conta a evolução, participação, atenção e envolvimento com as atividades realizadas durante o período do mini projeto.