quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Exemplo de Relatório de Atividades Pedagógicas


Creche Municipal Vivendo a Infância
Jaqueira-PE
Relatório de Atividades Pedagógicas do ano de 2011.

                                Em 2011 a Creche Municipal Vivendo a Infância foi marcada pela redefinição de ações em torno de Projetos didático-pedagógicos, passeios pedagógicos, rearticulação de festas e eventos recreativos focalizados no desenvolvimento da criança e pautados na interdisciplinaridade dos eixos norteadores do Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Assim, concentraram-se esforços na realização de projetos ressaltando as datas comemorativas. O sentido maior de cada iniciativa foi possibilitar uma prática pedagógica criativa e motriz, impactando positivamente a comunidade que atendemos. Nosso objetivo maior concentra-se em contribuir para a redução da desigualdade social e propagar um ensino de qualidade em abordagem interdisciplinar e lúdica que oferte às crianças a oportunidade de construírem seu conhecimento por meio do concreto, da brincadeira, de resolução de situação problema, pautada no diálogo aberto. Atividades integradas à concepção de aprender fazendo foram adotadas durante todo o percurso letivo, pois a compreensão do contato direto reporta a uma significação maior na aprendizagem. A seguir apresentamos os projetos vivenciados no intuito de dividir com todos as nossas conquistas:

Carnaval
Teve início logo após o período de adaptação. Uma festa considerada fenômeno contribuinte para a formação da cultura brasileira, onde se tem boa música, bandas rítmicas, instrumentos de percussão e fantasias, que ofertam uma ampla área de atuação de trabalho com as crianças da Educação Infantil. Dentre as atividades vivenciadas estão:
·         Confecção de máscaras e colares;
·         Instrumentos de percussão,
·         Festa carnavalesca.


Páscoa
Sendo, uma festa cristã a páscoa tem perdido nos últimos anos a sua real significação, por isso, o projeto realça o sentido espiritual desta festa. Propiciando que as crianças vivenciasse em suas atividades diárias o verdadeiro significado desta data como elemento das tradições religiosas da humanidade. Deste modo as atividades vivenciadas em torno desta temática foram:
·         Confecções de máscaras, móbiles e dedoches;
·         Grafismo – levando o coelho a sua toca e a sua cenoura;
·         Quebra cabeça do coelho;
·         Pintura facial;
·         Confecção de painéis com os símbolos pascais
   
Dia do Índio
Permitir as crianças o contato maior com a cultura indígena e aprender a valorizá-la foram o objetivo do projeto, Dia do Índio. Que contou com atividades como:
·         Conversação sobre os índios e seu modo de viver (trajes, alimentação, danças, etc.)
·         Montagem de cartazes com índios confeccionados com papeis de carimbagem de mão,
·         Colagens de palhas, farinha de mandioca, etc. em construção de ocas;
·         Confecção de cocares
·         Entoação de cantigas envolvendo a cultura indígena;
·         Criação alguns objetos e instrumentos indígenas de artesanato com palha.
  

Dia das Mães
Hoje na composição familiar existe uma sequência de diversificações da figura da mãe, que a escola tem que abordar de forma peculiar para ofertar as crianças um projeto sobre MAE que releve a importância desta figura na formação do seu humano. Sua execução foi iniciada em maio sendo concebida com um conjunto de atividades articuladas entre a escola e a família, mas precisamente com as mães.  Foram desenvolvidas ações como:
·     Pesquisa com a mamãe sobre o que gostam, trabalham etc. Realizadas através de imagens e pinturas de objetos e situações que reportassem sua própria mãe;
·         Confecção de cartões com mensagens para a mamãe;
·         Montagem de uma boneca representativa da mãe;
·         Colagem (recortes e colagem de figuras de revistas);
·         Festa comemorativa oferecida às mães com dinâmicas variadas;
   

Festas Juninas
As comemorações Juninas são uma excelente oportunidade de engajar diversas atividades interdisciplinares e ampliar o universo linguístico, o papel da instituição educativa consiste na valorização das tradições, marcado pelas fogueiras, dança de quadrilhas, colheita do milho. Deste modo foram realizadas atividades voltadas para essa compreensão, tais como:
·         Trabalho de leitura e memorização da quadrinha "Cai, cai balão”;
·         A pescaria,
·         Entoação de músicas com caracterização dos personagens;
·         Brincadeira do passa chapéu;
·         Brincadeira cadê meu par- as crianças procuram seus sapatos em uma pilha;
·         Dança dos pezinhos
·         Festa comemorativa com sorteio de balaio junino.
     

Dia dos Pais
A atual dinâmica social da figura paterna sofreu alterações significativas, por vista disso, o projeto Pais objetivou resgatar a valorização desta figura tão importante. Então foram organizadas atividades como:
·         Construção um grande coração com a palavra pai no centro, onde as crianças ditam uma qualidade do papai;
·         Confecção de lembrancinhas para o papai;
·         Festival da canção em Cd com fotos do filho e música.

Folclore
O folclore permeia a vivência cultural das crianças e cria uma abertura para a experiência de modo ativo e solidificado dentro dos eixos de aprendizagem, harmonizando atividades concretas e experimentais, a fim de sistematizar conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais, e estes foram utilizados como ponto de partida para a organização de atividades interdisciplinares para o desenvolvimento cognitivo, afetivo e cultural das crianças. O projeto FOLCLORE compreende o valor sócio- cultural nas diversas representações do real, objetivando liberdade para assegurar a apropriação e a construção do conhecimento por todos, oferecendo um ambiente que estimule à comunicação verbal que leva em consideração a singularidade das ações infantis e o direito a brincadeira. Por isso, foram oferecidas atividades como:
·         Leituras e recontagem de Lendas folclóricas;
·         Leitura e recitação de Parlendas; Trava-língua e Adivinhações;
·         Realização de brincadeiras folclóricas;
·         Confecção de fantoches e máscaras.

Dia da Árvore
Outra sequencia didática de real significação deu-se na temática: Dia da Árvore, durante a semana foram vivenciadas as atividades como:
·         Plantação de grãos de feijão para observação do processo de germinação,
·         Confecção de painéis com árvores construídas a partir da pintura e colagem de decalques de mãos;
·         Visita a maiores árvores da cidade do centro do município, ressaltando sempre a preservação ambiental como aporte a sobrevivência humana sobre a terra.
    
Dia das Crianças
A Semana da Criança foi elaborada com muitas brincadeiras, pipoca, etc. A proposta de trabalho ateve-se em estabelecer uma ligação direta entre ensino-aprendizagem lúdica, valorizando as crianças como produtoras de seus conhecimentos.  Diante deste fator, as atividades realizadas culminaram em ressaltar a peculiaridades desta fase da vida.
·         Trabalho do gênero receita e preparo de mini- pizzas;
·         Realização de piquenique;
·         Construções diversas em artes;
·         Banho de piscina
·         Mini- gincana
    
Independência do Brasil- 7 de Setembro
Na maioria das cidades acontece o desfile no dia 7 de setembro pelas ruas, ao som de músicas chamadas marchas e dobrados, e a Creche participou deste evento em Jaqueira sob o tema: O mundo encantado da criança! As atividades desenvolvidas em sala constituíram-se de:
·         Entoação da à marchinha do Soldado com os alunos,
·          Confecção de chapéus e espadas feitas de jornais.
·         Pinturas temáticas;
·         Confecção de quebra-cabeça.

Consciência Negra
O projeto foi elaborado no sentido de promover um conhecimento mais aprofundado sobre a importância da contribuição dos africanos na cultura brasileira, principalmente no mundo infantil. O foco principal do projeto esteve em:
·         Contagem de contos africanos;
·      Danças, músicas e adereços africanos, onde os alunos participaram de audição de músicas e produziram desenhos.
·         Brinquedos e brincadeiras de origem africana, exatamente com confecção de chocalhos,
·         Confecção cartazes com fotos/imagens retratando da diversidade a cultura negra.

Natal
Realizada no âmbito da Creche, essa ação constou de oficinas de arte cujo produto foi utilizado para confecção de uma coleção de cartões de natal, lembrancinhas e festa com entrega de presentes as crianças.

                              
        Partindo desta perspectiva, a rotina da Creche articula-se também com sequencias didáticas realizadas dentro de temas relativos ao mundo infantil, bem como, perpassa ao social e emocional. Dentro das temáticas: Higiene, Saúde e Alimentação Saudável foram desenvolvidas atividades de conversação e exploração de situações diárias vivenciadas pelas crianças.
·         Degustação de alimentos de origem vegetal-frutas, bem como a mobilização de tais gêneros nos lanches trazidos de casa pelas crianças;
·         Confecção de quadro de guloseimas mais presentes no lanche das crianças, etc.
Abordou-se também no mesmo eixo a realização de visitas periódicas de dentista comunitário na creche onde se realizou:
·         Aplicação de flúor na arcaria dentaria das crianças;
·         Recebimento de kit dental com pasta de escova para o uso na instituição educativa.
·         Participação na feira de orientação e exposição de temas relacionados à saúde realizada pela Secretária de Saúde do município. 
       A ideia fundamental da recreação dirigida é garantir as crianças acesso a um direito fundamental: o direito de brincar, de movimentar-se livremente para a sua construção de conceitos relacionados a si e ao mundo físico e social. Por isso  brincadeiras de todas as origens são destacadas nas vivencias na Creche: Percursos e trajetos, Confecção de massinha de modelar, Amarelinha, Toca do coelho,  Cirandas, Passa anel,  Boca de forno,  Estátua,  Passarai,  Atividades com bolas,  Imitação,  Bolinhas de sabão, Corridas, Cordas, etc.
      
        Os resultados obtidos pelas atividades vivenciadas no ano letivo de 2011 foram alcançados através de uma postura didática voltada ao compartilhamento de ideias entre o corpo docente, os indicadores de desempenho do sucesso alcançado pela Creche Municipal Vivendo a Infância foram visíveis o tempo todo, o que permitiu uma avaliação contínua durante todo o período letivo, de forma coletiva. Concebe-se, portanto, que não foi à teoria que fez a prática, mas, esta se incumbiu de fornecer instrumentos para uma ação pedagógica eficaz disseminadas em práticas de trabalho participativos da gestão. 

Um comentário:

Anônimo disse...

boa noite, eu estou no 2° ano ano do curso normal e minha professora pediu para fazermos uma atividade interdisciplinar envolvendo a arte e pensei em fazer da páscoa, como estamos nessa época... mas queria saber como posso relacionar a pascoa a outra disciplina sem ser a arte na educação infantil. Ou você me sugere outra atividade? obrigada.