sábado, 17 de outubro de 2009

PLANOS DE AULA SITUAÇÕES PROBLEMAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

PLANO DE AULA I  Problemas na Educação Infantil 

TITULO DA ATIVIDADE: Situação problema com textos.

FAIXA ETÁRIA: 5 anos

OBJETIVOS: Perseverar na busca de resolução de situações problemas; Trabalhar cooperativamente, respeitando o outro; Comparar resultados de resolução de situações problemas.

CONTEÚDOS: Resolução de diferentes tipos de situações problemas envolvendo contextos numéricos e não numéricos em situações da realidade, jogos, materiais manipuláveis e textos; Comunicação de quantidades, utilizando linguagem oral, pictórica, textual ou notação numérica.

MATERIAIS NECESSÁRIOS: Sulfite com o problema para todas as crianças, cartolina, pincel pilot, grafite, lápis de cor

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES:

1°momento: De início, em uma roda de conversa, a professora apresentará o problema às crianças por meio de leitura, depois efetuará uma segunda leitura agora mais lenta para as crianças perceberem significados e elementos do problema, e logo depois, fará alguns questionamentos orais: Quem pode me contar o problema novamente? Neste momento deixar que as crianças verbalizem seu entendimento do problema. Há palavras novas ou desconhecidas? Para facilitar a compreensão, a professora poderá lista no quadro as palavras desconhecidas com seus respectivos significados. Do que se trata o problema? Qual é a pergunta? Estes questionamentos estimularão a reflexão da situação problema.

2° momento: Ainda, para melhor compreensão do problema, a professora pode pedir que os alunos circulem a palavra que inicia, ou terminem com determinada letra, bem como as que têm o mesmo som. E após isso as crianças serão divididas em equipes, isso possibilita uma nova proposta de resolução de problemas, quantas equipes de 5 componentes se pode forma com 25 crianças? Após explorar bem este pressuposto com proposição de questionamento como: Quantos grupos foram formados? Todos os grupos têm a mesma quantidade de componentes? Etc. Depois solicitar às crianças que monte o problema em forma de quebra cabeça.

3° momento: Quando todos os grupos terminarem de montar os problemas, as crianças serão motivadas a apresentarem as soluções por meio de desenhos ou notações numéricas. Ao término os grupos apresentarão em roda as suas resoluções, e serão comparados os resultados e as estratégias de cada grupo.

AVALIAÇÃO: Avaliação terá um caráter diagnóstico quando visa ouvir as crianças no seu modo de pensa e suas estratégias de resolução, no acompanhamento da aprendizagem com observações e registros (a participação e comparação de diferentes registros utilizados pelas crianças) e formativo como investigação para repensar nas ações planejadas em função de avanços e dificuldades das crianças.

PLANO DE AULA II

TITULO DA ATIVIDADE: Invenção de histórias problemáticas.

FAIXA ETÁRIA: 5 a 6 anos

OBJETIVOS: Perseverar na busca de resolução de situações problemas; Trabalhar cooperativamente, respeitando o outro; Comparar resultados de resolução de situações problemas.

CONTEÚDOS: Resolução de diferentes tipos de situações problemas envolvendo contextos numéricos e não numéricos em situações da realidade, jogos, materiais manipuláveis e textos; Comunicação de quantidades, utilizando linguagem oral, pictórica, textual ou notação numérica.
MATERIAIS NECESSÁRIOS: Papel 40, pincel pilot, recortes de revistas, sulfite, lápis de cor, grafite, durex, etc.

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES:
1°momento: Neste primeiro momento a professora apresentará um cartaz com uma situação ilustrada, os alunos farão a leitura da cena, comentado o que está acontecendo, levantando hipóteses, em seguida os alunos deverão criar uma historia problemática com base na situação apresentada. A professora neste momento será o escriba.

2° momento: Após a produção da problemática, as crianças serão solicitadas a dramatizarem a situação, esta atividade visa à melhor compreensão da situação problema por parte das crianças. Em seguida elas apresentarão a resolução do problema através de registro individual, podendo ser textual, pictórico ou notação numérica.

3° momento: Por fim serão socializadas as soluções por meio de exposição de suas resoluções em um grande painel, neste momento cada criança explicará seu resultado e sua estratégia.

AVALIAÇÃO: Avaliação terá um caráter diagnóstico quando visa ouvir as crianças no seu modo de pensa e suas estratégias de resolução, no acompanhamento da aprendizagem com observações e registros (a participação e comparação de diferentes registros utilizados pelas crianças) e formativo como investigação para repensar nas ações planejadas em função de avanços e dificuldades das crianças.

REFERÊNCIAS Smole, Kátia Stocco; Diniz, Maria Ignez; Candido, Patrícia. Resolução de Problemas: matemática de 0 a 6. Montagnini, Rosely Cardoso. Ensino das artes e música: pedagogia/ Rosely Cardoso Montagnini, Laura Célia Cabral Cava, Klésia Garcia Andrade. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

5 comentários:

Vilma Mello disse...

Oi Karla estou retribuindo sua visita, também gostei muito do seu blog

beijos

Vanda disse...

Oi Karla, seu blog é muito interessante...voltarei com certeza. Bjs.

Handressa disse...

olá adorei seu blog...ja sou seguidora,,
Associe-se ao meu
Deus te abençoe

Anônimo disse...

Il semble que vous soyez un expert dans ce domaine, vos remarques sont tres interessantes, merci.

- Daniel

João disse...

Muito legal o seu blog, parabéns Karla! Parece que você realmente abraçou a missão de ser professora!