quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Professor deve propor reflexões sobre atual modelo de desenvolvimento econômico

O educador Sérgio Haddad, integrante do Grupo de Reflexão e Apoio do Processo do Fórum Social Temático 2012 – FST, sugeriu que os professores proponham, em sala de aula, atividades de reflexão sobre o atual modelo de desenvolvimendo econômico adotado pelos países ricos. A observação foi apresentada como um desafio aos participantes do Fórum Mundial de Educação, que aconteceu entre os dias 24 e 29 de janeiro, em Porto Alegre (RS).

Para Haddad, os professores precisam promover debates e discussões sobre os limites para o desenvolvimento. “Todo sistema educativo é voltado a perspectivas de aumento da produção e do consumo. No entanto, este modelo de desenvolvimento que estamos estimulando tem se mostrado cada vez mais insuficiente para resolver os problemas de naturezas social e ambiental. As pessoas, hoje, vivem para o consumo”, declarou ao Observatório da Educação.

O Fórum rendeu um pequeno texto, consensual entre os participantes, sobre a necessidade de mudança do paradigma da educação: “que ela possa promover cidadania crítica e processos de reflexão, permitindo que a comunidade educativa possa ter leitura crítica da realidade social e se coloque em posição de questioná-la e mudá-la”, registra o documento. Ele também aponta para a necessidade de escolas mais ancoradas em seu contexto histórico-cultural, que ajudem a pensar em soluções para a comunidade em que está inserida.

Com o tema “crise capitalista e justiça social e ambiental”, o Fórum Mundial da Educação inaugurou os debates do Fórum Social Temático. Na ocasião aconteceram marchas contra a crise econômica mundial e contra o novo Código Florestal, em tramitação no Congresso Nacional. Além disso, aconteceram oficinas de a preparação para a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20.

                           Com informações da Agência Brasil e do Observatório da Educação.
Saiba mais!

Fórum Social Temático: reunião de entidades nacionais e internacionais, que integra as atividades do Fórum Social Mundial, para discutir ações comuns de combate a desigualdades.

Grupo de Reflexão e Apoio do Processo do Fórum Social Temático 2012 – FST: coletivo formado por ativistas e representantes da sociedade civil que se identificam com os princípios do Fórum Social Mundial.

Fórum Mundial de Educação: movimento pela cidadania e pelo direito à educação. Constitui-se em um espaço de diálogo entre representantes de projetos de educação popular e de enfrentamento ao neoliberalismo.

Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, Rio+20: conferência promovida pela ONU para avaliar os compromissos dos Estados sobre economia verde e desenvolvimento sustentável. Será realizada entre 4 e 6 de junho de 2012, no Rio de Janeiro.

Nenhum comentário: