quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Matemática: Situações problemas


               Um problema freqüente nas salas de aulas é a dificuldades enfrentadas pelos alunos na compreensão e interpretação de situações problemas, enquanto uns não chegam à solução correta por falta da aquisição da técnica operatória convencional, outros não o solucionam pela incapacidade de estabelecer relação entre as operações matemáticas com os enunciados. Em suma, muitas estão com deficiência na proficiência em leitura, devidas aos aumentos da complexidade dos conteúdos, a variedade, e mesmo a posição dos elementos, que geram mudanças nos procedimentos necessários para a resolução. Assim, ler em Matemática envolve usar o ponto de vista matemático para compreender textos em diversos gêneros.
             A melhor maneia de ajudar as crianças a superarem essa dificuldade é uma leitura atenciosa dos enunciados seguida de uma sondagem do conhecimento prévio (o que a criança já sabe ou pensa), antecipando assim a ideia principal e a formulação das primeiras hipóteses, ou seja, uma sondagem preliminar com perguntas sobre informações contidas no problema, debatendo o que está sendo pedido, quais as informações que aparecem e principalmente as que são úteis a pergunta feita, nessa etapa pode-se definir o tratamento matemático que deve ser aplicado aos dados propostos.
               Portanto, ao propor o problema escrito a crianças, é bom que se escreva uma cópia do problema no quadro e fazer com os alunos uma leitura cuidadosa. Primeiro do problema todo, para que eles tenham idéia geral da situação, depois mais vagarosamente, para que percebam as palavras do texto, sua grafia e seu significado. Em seguida fazer questionamentos orais com a classe, como é comum que se faça durante a discussão de um texto, auxilia o trabalho inicial com problemas escritos:

·         Quem pode me contar o problema novamente?
·         Há alguma palavra nova ou desconhecida?
·         Do que trata o problema?
·         Qual é a pergunta?

Vejamos outras estratégias.
·         Apresentar aos alunos problemas com falta ou excesso de dados para que eles analisem a necessidade ou não de informações no texto;
·         Apresentar aos alunos o texto de um problema no qual falte uma frase ou a pergunta, deixar que eles tentem resolver e que tentem completar aquilo que falta para o problema ser resolvido;
·         Apresentar um problema com frases em ordem invertida e pedir que os alunos reorganizem o texto;
·         Pedir que os alunos elaborem problemas com palavras que apresentam sentidos diferentes quando utilizadas em matemática e no cotidiano: tira, produto; domínio; diferença, etc.

               A verdadeira aprendizagem em Matemática é saber os porquês de todos os procedimentos utilizados na resolução da situação problema, discutindo os erros, em vez apagá-lo, esse trabalho pode realizado individualmente, em duplas ou grupos - os dois últimos casos favorecem o intercâmbio de conhecimentos


Referências

Smole. Kátia Stocco. Aprender a ler problemas em matemática.

Acosta. Cleusa. Problemas matemáticos sem problemas. Disponível em: www.novaescola.com.br

Nenhum comentário: